Rua Gonçalo de Carvalho

Vitória das árvores e da cidadania.

Material distribuído pelos "Amigos da Gonçalo" pedindo apoios - 2005/2006

Resistir é preciso!

Em 2005 os poucos moradores das redondezas da Rua Gonçalo de Carvalho souberam pelo jornal que um grande edifício-garagem seria construído junto a uma das mais belas e arborizadas ruas da capital gaúcha. Seria uma obrigação defender a rua da ameaça que surgia.

Haeni Ficht, dentista, morador da Rua Gonçalo de Carvalho, subsíndico do edifício Ado Malagoli, era vizinho da área onde seria construída a garagem. Ele tomou a decisão de fazer algo para denunciar o que estava para acontecer. Falou com os vizinhos, procurou maiores informações e logo juntou um pequeno grupo disposto a não se omitir.

Os adversários eram poderosos. A obra seria construída no local onde existe um Shopping Center, o proprietário do terreno era também dono (na época) de tradicional grupo jornalístico gaúcho e ainda por cima, o estacionamento faria parte da construção da sede própria de um dos maiores orgulhos do Rio Grande: a OSPA – Orquestra Sinfônica de Porto Alegre.

Panfleto explicando o que aconteceria na Gonçalo - 2005

Seria muito difícil enfrentar adversários desse porte. Mas todos achavam que se conseguissem esclarecer o real problema, muitas pessoas formariam suas opiniões e apoiariam a causa.

Todos colaboravam como podiam, faziam abaixo-assinados, distribuíam cópias feitas no xerox da esquina, paravam vizinhos na rua e explicavam o caso, pediam apoios por telefone ou e-mail.

Manifestação na rua Gonçalo de Carvalho contra o edifício-garagem da OSPA, dia 15 de outubro de 2005.

Muitos que recusavam apoio, diziam ser “constrangedor” ficar contra um os maiores orgulhos da cidade – a OSPA – mas ficavam ainda mais constrangidos quando eram levados para conhecer a rua com suas belas árvores e pássaros.

Foi uma luta difícil, cansativa e, diziam na época, sem futuro. Não seriam alguns “inimigos da cultura e do progresso” que iriam impedir uma obra grandiosa, já decidida e autorizada pela prefeitura.

Até ameaças alguns sofreram quando da distribuição de nossos panfletos. Mas tínhamos a certeza de que estávamos fazendo a coisa certa. Sempre tivemos a convicção disso! Foi criado um endereço de e-mail e o Blog “Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho” onde colocamos nosso lema: “Resistir é Preciso”.

Descobrimos muitas pessoas de Associações e Movimentos, tanto de moradores como ambientalistas, e recebemos apoios fundamentais para continuar a resistência. Não fomos apoiados apenas por gente de nossa cidade: também recebemos apoios, informações e principalmente incentivo de vários lugares do Brasil e até do exterior, graças a essa ferramenta impressionante que é a Internet.

Em 2006 veio a vitória. Não apenas nossa, mas de toda a cidade e do direito do cidadão comum ser ouvido. A obra não saiu e a rua, com suas árvores, pássaros e seu calçamento de pedras, foi tombada como Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de Porto Alegre. Pelo que temos conhecimento, o primeiro caso de uma rua tombada, no Brasil e na América Latina.

Infelizmente, o Haeni morreu antes de ver a vitória de sua rua. Antes mesmo de ver tantas mensagens de apoio que vieram de lugares tão distantes e depois parabenizando pelo tombamento da Rua Gonçalo de Carvalho. Coisas da vida… Mas ele servirá de exemplo sempre que alguém pensar: “Não basta querer ter um mundo melhor, a gente tem é que fazer ele melhor!“

Cesar Cardia

Administrador do Blog Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho

Participante do Movimento Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho

Sócio Benemérito da AMABI

7 pensamentos sobre “Rua Gonçalo de Carvalho

    • Sr. “Bach”,
      um indivíduo que não usa seu nome real e coloca esse tipo de comentário sobre uma das ruas mais citadas como exemplo de ação cidadã, aqui no Brasil e em muitos países, é o que?

  1. PQP Bach,
    São pessoas como você que contribuem diretamente para o fim do mundo. Digo isso em respeito ao meio ambiente, porque assim como você e o resto da população sabem que sem a natureza não sobrevivemos, e tudo que precisamos para produzir é proveniente dela. Seja mais inteligente e junte-se a atitudes dignas de respeito como esta resportagem. Parabéns ao Sr Haeni e a todas as pessoas que uniram-se para este bem humanitário.

  2. Belo e inspirador exemplo!!!
    Parabéns aos envolvidos pela causa do espaço com qualidade e futuro. Temos compromisso em deixar uma cidade melhor para os nossos descendentes. Linda rua…
    Fiquei muito feliz com o relato.
    Abraços de Blumenau,
    Angelina Wittmann

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s