A especulação imobiliária venceu

Charge de Santiago para o jornal Extra Classe

Charge de Santiago para o jornal Extra Classe

Terminada a votação do projeto imobiliário “pontal do estaleiro”, que  permite a construção de espigões na orla do Rio Guaíba. A Câmara Municipal aprovou o ilegal projeto por 22 votos favoráveis contra 10 votos contrários. Ilegal porque desobedece a legislação federal que trata das APPs (áreas de preservação permanentes).

E$goto - charge de Eugênio Neves

E$goto - charge de Eugênio Neves

Também foi rejeitada a proposta do executivo que exigiria um referendo após a votação da lei. O próprio líder do governo apresentou emenda alterando o REFERENDO universal e obrigatório, que seria de responsabilidade do TRE, com espaços de propaganda em rádio e TV divididas igualitáriamente entre os dois lados, para CONSULTA POPULAR, sem espaços de propaganda e facultativo a quem bem interessar. Mas se o executivo não fizer a “consulta” em 120 dias, o projeto entra em vigor mesmo sem consulta nenhuma!

Matéria na página da Câmara aqui: Polêmica deu o tom na sessão.

Estaria o líder do governo explicando como sua bancada recusa o "referendo" proposto pelo próprio governo? Foto: Tonico Alvares/CMPA

Estaria o líder do governo explicando como sua bancada recusa o "referendo" proposto pelo próprio governo? Foto: Tonico Alvares/CMPA

Adivinhem por que?

Quem acredita que nossos vereadores da “base do concreto” deseja que a população seja devidamente esclarecida e vote conscientemente? Isso pode ser muito perigoso a alguns interesses.

Não fomos surpreendidos. Já vimos esse tipo de “esperteza” antes, a pergunta que fica é até quando essa gente vai enganar a população…?

Para quem já esqueceu da “Audiência Pública” tão ao gosto do governo e de seus aliados, veja os vídeos mais abaixo.

Câmara só anunciou a votação pouco mais de UMA hora antes de iniciar a sessão!

Câmara só anunciou a votação pouco mais de UMA hora antes de iniciar a sessão!

O referendo - charge de Eugênio Neves

O referendo - charge de Eugênio Neves

12 pensamentos sobre “A especulação imobiliária venceu

  1. É tão absurdo que chega a embrulhar o estômago. E pensar que a Zero Hora não deu nada, absolutamente nada. Estava escrevendo um post criticando essa posição quando encontrei o texto de vocês. Achei que o Correio também não tinha dado nada. No fim acabamos falando mais ou menos a mesma coisa (http://jornalismob.wordpress.com/), essa mídia cala conscientemente, porque interessa. É preciso nos mobilizarmos agora para impedir que os prédios sejam efetivamente construídos, mobilizar a opinião pública.

  2. NINGUÉM CONSEGUE ENGANAR A TODOS POR MUITO TEMPO !

    ONG TRANSPARÊNCIA BRASIL
    QUE ESTUDA ESTAS QUESTÕES A NIVEL NACIONAL, CORRUPÇAO, QUALIDADE DO TRABALHO DOS PARLAMENTARES EXECUTIVO/LEGISLATIVO LEIS, EMENDAS, PROJETOS, DECRETOS,ETC.

    A SERVIÇO DE QUEM ESTÃO AS BANCADAS DOS VEREADORES/DEPUTADOS,OU GRUPOS “ALIADOS” ENTRE OS PODERES, ETC.

    AVALIAÇÃO DO ANO DE 2008.

    A CÂMARA DE VEREADORES DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE – 89 % DOS TRABALHOS EFETUADOS NÃO BENEFICIAM EM NADA AS COMUNIDADES, DE TODAS AS CLASSES SOCIAIS !

    OS GASTOS ANUAL COM A CÂMARA DE VEREADORES DE PORTO ALEGRE > 5% DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL, QUE HOJE ESTÁ EM APROX. TRÊS BILHÕES E TREZENTOS MILHÕES DE REAIS.

    NÓS PAGAMOS OS SALÁRIOS DELES PARA ELES VOTAREM CONTRA NÓS ? ? ?

    EU COMO CONTRIBUINTE ESTOU SENDO LESADO, ROUBADO ! ! !

    VERGONHA ! ! !

    Eduino de Mattos.

  3. Pingback: “Em porteira que passa um boi, passa uma boiada.” « Cão Uivador

  4. Pingback: Defender - Defesa Civil do Patrimônio Histórico » A especulação imobiliária venceu

  5. Pessoal,

    Não vejo o porquê da surpresa. Sabemos que há dinheiro de monte nessa história toda. Sabemos que as empresas estão operando no vermelho, porque se envolveram com as várias bolhas e maracutaias financeiras que andam pelo mundo, e precisam compensar o prejuízo de algum modo… e que melhor e mais tradicional maneira brasileira, que manobrar a área política do jeitinho que se sabe?

    Também não há porque surpreender-se sobre o silêncio de parte das mídias locais. Uma delas faz parte do grupo construtor que tentou apossar-se da orla do Guaíba, ainda nos governos municipais de João Dib e de Alceu Collares, e investiu contra o Hospital Psiquiátrico São Pedro, de olho em 16 ha bem situados e ocupados por doentes, para eles, inúteis. Até foi inventada, na ocasião, uma reforma psiquiátrica, para despejar essa população, a pretexto da modernidade. Essa mesma empreiteira instrumentalizou a famosa ocupação do morro do Osso, e a depredação que lá se fez objetivando, obviamente, seu “des-tombamento” – morros são valiosos para contemplar o “por-do-sol” do Guaíba.

    E há outra empresa de comunicação que recentemente foi adquirida por um empresário ligado comercialmente à construção civil, e serve obviamente aos interesses da mesma.

    Finalmente, há uma terceira que é ideologicamente da direita bem educada e culta – isso também existe – etc., etc.

    Como a população não dispõe de um veículo seu, sob seu controle, deve contentar-se quando os cachorros grandes brigam entre si, e abrem espaços extras para a informação.

    Mas, animem-se, que ainda não foi dita a última palavra. Tudo isso está dentro de uma ILEGALIDADE federal, de cabo a rabo, e, a menos que alguém dê um golpe em Brasília, anulando a Constituição, ainda temos muita estrada pela frente.

    O problema agora são os lobbies de Brasília, comandados pelo Ministério das Cidades, sob a direção de Márcio Fortes. Olho nessa gente e nas negociatas do PAC da Copa 2014. São 12 cidades envolvidas nesse descalabro cujo objetivo é lavar dinheiro e perpetuar a economia virtual. Lembrem quantas obras foram começadas nos chamados Anos de Chumbo e abandonadas aos cupins porque os recursos já tinham sido desperdiçados de outra maneira – até pontes sobre vales sem água foram projetadas e parcialmente construídas. O setor é fogo, e quem não corre, voa!

    Só a organização de base, dos bairros, dos vizinhos, das associações, tem condições de montar uma resistência contra a mentira e a fraude pública, tão nossas conhecidas.

    E não votem mais nessa gente, por favor! Errar é humano; persistir no erro é burrice ou masoquismo.

    TJF.
    jornalista, escritora, delegada Regional 1 de Planejamento

  6. Tania,

    coisa bem boa ler alguma coisa que dê ânimo nesse contexto! Acho que a batalha agora são três: medida judicial e pressão em Brasília e desconstrução da imagem destes vereadores do concreto em suas comunidades.

    A bem da verdade, estou achando um horror!!! O espaço público transformado em privado – o privilégio sobre o direito!

    Outra, devemos exigir reforma política já com financiamento público das campanhas. Não é mais possível eleger lobbystas como se fossem servidores públicos.

  7. Foi boa idéia botar o filme da audiencia de 2007. Vi pela tv os vereadores do cimento dizendo que os ambientalistas queriam levar torcida de onibus. Desmascaram esses cínicos!!!!!!!!!!!!!!!!
    Fiquei com nojo de ver aquela gente mentindo

  8. Pingback: A casa do Papai Noel em Porto Alegre? « Porto Alegre RESISTE!

  9. Pingback: Sobre a “especulação imobiliária” « Porto Alegre RESISTE!

  10. Pingback: Sobre a “especulação imobiliária” « Instituto Zequinha Barreto

  11. Pingback: Sobre a “especulação imobiliária” « Liberdade de Expressão e Comunicação

  12. Pingback: Sobre a “especulação imobiliária” « Psol Osasco Núcleo Solidariedade Socialista's

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s