Protesto contra demolição de prédios históricos

No jornal Correio do Povo

20/11/2010 13:55 – Atualizado em 20/11/2010 14:22

Moradores do Moinhos protestam contra demolição de prédios históricos

Manifestantes percorreram as principais ruas do bairro buscando chamar a atenção da população

Moradores do Moinhos protestam contra demolição de prédios históricos. Foto: Camila Domingues/Correio do Povo

Integrantes do movimento Moinhos Vive, ligado a moradores do bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, realizaram neste sábado um protesto contra a possível demolição de prédios históricos situados rua Luciana de Abreu. Com faixas, os manifestantes percorreram as principais ruas do bairro buscando chamar a atenção da população. A incorporadora Goldstein Cyrela deseja derrubar as edificações e construir novos prédios no espaço. No dia 1º de dezembro, às 14h, uma audiência está marcada na 10ª Vara da Fazenda Pública do Foro Regional da Tristeza para tratar da questão.

Os prédios são alvo de uma ação judicial. O local é composto por seis blocos que teriam sido construídos entre o final da década de 1920 e início da década de 1930. Conforme o presidente do Moinhos Vive, Raul Agostini, os imóveis teriam sido projetados pelo arquiteto alemão Franz Fisinger para abrigar mestres cervejeiros alemães contratados pela Cervejaria Becker. “Prédios idealizados por este profissional estão tombados em outros países”, ressaltou. Os blocos estão isolados por uma fita. O desgate que os imóveis sofreram com o tempo é notável nas paredes e portas.

O impasse entre a Goldstein e o Moinhos Vive começou em 2002. Um abaixo-assinado foi entregue ao Ministério Público, que conseguiu uma liminar junto à Justiça impedindo que os prédios fossem demolidos.

Conforme o advogado da Goldstein, Milton Terra Machado, a audiência não deverá ter carga de decisão. A expectativa é de que as discussões prossigam. Machado destacou que não há estudo que comprove que os prédios sejam considerados patrimônio histórico. O projeto da Goldstein, segundo o advogado, já foi aprovado por autoridades.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na Rádio Gaúcha, programa Chamada Geral – 1ª edição – 20/11/2010 – 11h47:

Justiça começa a ouvir no mês que vem moradores do bairro Moinhos de Vento para evitar demolição de prédios históricos:

Uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público pede que a Justiça reconheça seis imóveis como valor sociocultural para Porto Alegre. As casas integram um conjunto habitacional construído na rua Luciana de Abreu entre as décadas de 20 e 30. Para a promotora Anelise Steigleder, a ação visa preservar a identidade do bairro.

6 pensamentos sobre “Protesto contra demolição de prédios históricos

  1. Os senhores deveriam divulgar essas ações com antecedência para que mais pessoas tenham a oportunidade de participarem do protesto. Concordo integralmente com a preservação do casario antigo em nossa cidade, especialmente no bairro onde resido.

  2. Jefferson,
    Não sabíamos desse protesto.
    Soubemos pelo jornal hoje, domingo. Normalmente a divulgação é feita pela entidade que promove a ação, por blogs, twitter e principalmente por listas de e-mails.
    Teu texto dá a entender que moras no bairro Moinhos de Vento. Caso tenhas interesse em saber mais das ações da Associação dos moradores e amigos do Moinhos de Vento o endereço do Blog da Associação é http://moinhosvive.blogspot.com e seu email é moinhosvive@gmail.com

  3. Amigos e amigas de entidade cô-irmã Moinhos Vive.

    A AMA/Associação dos Moradores e Amigos da Auxiliadora presta solidariedade ao movimento e engrossa o coro para vocalizar um sonoro NÃO aos espigões e SIM a preservação dos casarões no bairro Moinhos de Vento.

    João Volino Corrêa
    Presidente

  4. Como participar do movimento do Moinhos de Vento? Seu site não está muito atualizado e não respondem os e-mails.

  5. Moinhos Vive é o nome da Associação dos Moradores do bairro Moinhos de Vento, uma das mais ativas de Porto Alegre.
    Sabemos que fazem reuniões de diretoria semanais e o e-mail é o que foi colocado numa das respostas acima: moinhosvive@gmail.com, não podemos repassar os endereços de e-mail de seus integrantes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s