Fortunati veta proteção para orla do Guaíba, aprovada no PDDUA.

Notícia da edição impressa do Jornal do Comércio – 30/07/2010:

Prefeito veta 60 metros de proteção para orla do Guaíba

Fernanda Bastos

Terminou nesta quinta-feira o mistério sobre os vetos do prefeito José Fortunati (PDT) ao projeto de lei de revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, sancionado na semana passada. Os 50 destaques do prefeito à matéria foram publicados no Diário Oficial do Município desta quinta-feira.

Um dos vetos que deve gerar polêmica atinge a emenda de autoria do vereador Airto Ferronato (PSB), que fixava uma faixa mínima de preservação de 60 metros nas margens do Guaíba. A regra seria aplicada entre a Usina do Gasômetro e o limite do bairro Lami. Nessa parte da orla, deveriam ser construídos apenas equipamentos públicos com acesso à população, como ciclovias, praças e quadras esportivas, além de uma avenida.

O supervisor do Planejamento Urbano e coordenador do trabalho dos técnicos da Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), que apresentaram ao prefeito um parecer sobre a redação final da revisão, engenheiro José Luiz Fernandes Cogo, relata que o veto foi sugerido pela equipe porque o artigo tratava da mesma forma pontos extremos da orla, sem levar em conta as características de cada local.

“A orla deve ser preservada, não somos contra isso. Apenas tem que se levar em conta que não funcionaria em todos os lugares. Em bairros como Assunção e Ipanema, por exemplo, algumas casas teriam até mesmo de ser desapropriadas por conta desse artigo. Ele não firmava como iríamos ressarcir esses moradores”, analisa.

Cogo também indica que a matéria poderia impedir a realização de projetos de revitalização da área. “Temos que pensar na cidade como um todo, não só através de um número fixo. Queremos qualificar a orla, fazer com que seja possível trabalhar a orla para se tornar um ponto turístico, de acesso para a população”, sustenta.

Fortunati também vetou a relação de Áreas de Interesse Cultural (AICs) que figurava no Anexo 3 do Plano revisado.

O Executivo optou por suprimir a definição das AICs – que foi baseada em estudo técnico da Ritter dos Reis em parceria com a prefeitura e reformulado pela equipe da SPM na elaboração da revisão – por conta da decisão da Câmara de indicar a criação de uma comissão mista para discutir o tema.

Representantes da prefeitura, do Fórum de Entidades e do Conselho do Plano Diretor irão se reunir, até o fim de setembro, para elaborar um projeto para as AICs. Eles terão seis meses para consolidar uma nova legislação.

Câmara reativará comissão especial na próxima semana

A Câmara Municipal de Porto Alegre deve reativar na próxima semana a comissão especial que discutiu, no ano passado, a revisão do Plano para apreciar os vetos.

A partir de segunda-feira, quando os vereadores voltam do recesso parlamentar, começará a contar o prazo de 30 dias que os parlamentares têm para apreciar os pontos do projeto que não foram aceitos pelo prefeito. Se a matéria não for analisada até o fim de agosto, irá trancar a pauta do Legislativo.

A comissão especial terá a missão de apresentar um parecer pela manutenção ou pela rejeição dos vetos à redação final do documento. Os itens podem ser apreciados em bloco, com rejeição ou manutenção a todos os pontos, ou os parlamentares podem solicitar a votação com destaque, que permite analisar cada uma das proibições.

PDF da matéria: JC_30 – 31 julho – 1 agosto

Reunião da RGP1 - O irônico "banner" sobre a participação da cidadania.

Documentos em PDF sobre os vetos e artigos vetados pelo prefeito:

VETO PARCIAL PDDUA

R6777-07-1

PDDUA tabela vetos 2010

PDDUA emenda 395 Orla e zonem.ambiental

LC 646-10 – Revisão PDDUA

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o PDDUA e a composição do CMDUA, do Blog Observatório Ambiental:

Foi sancionado, nesta quinta-feira, 22, o novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental (PDDUA) de Porto Alegre. O evento ocorreu na prefeitura da capital.

Entre as principais alterações em relação ao Plano atual, o prefeito José Fortunati ressaltou uma proposta que surgiu durante a Conferência Municipal do Meio Ambiente e exige a destinação de área livre permeável e vegetada nos terrenos urbanos. Essa proposta pretende evitar a impermeabilização total do solo e facilitar a absorção das águas das chuvas, que causam alagamentos.

Um dos pontos mais polêmicos do novo plano diretor trata das alterações nas alturas máximas permitidas para as novas construções. Vários bairros tiveram seus índices alterados. No entanto, a altura máxima de 52 metros continua permitida para os bairros Navegantes, São Geraldo e São João além das grandes avenidas.

No bairro Azenha, por exemplo, a altura máxima, que no atual Plano Diretor é de 27 metros, passa para 42 metros. O mesmo acontece com os bairros Glória, Medianeira e Cidade Baixa.
O bairro Cristal, onde será construído o também polêmico projeto Pontal do Estaleiro, não aparece na relação dos bairros que constam no Plano Diretor distribuído para a imprensa durante o evento. Outros projetos arquitetônicos como esse poderão ser executados na orla do Guaíba, caso o Comitê Gestor, criado pela portaria n° 59/2008, aprove.

Segundo Eduino de Mattos, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Porto Alegre, essa portaria é inconstitucional e o Comitê Gestor não poderia decidir sobre a destinação de áreas públicas não previstas no Plano Diretor.

Na reportagem (abaixo) que foi ao ar no programa DIVERSIDADE, da Ulbra TV, o prefeito José Fortunati confirma o caráter de excepcionalidade empregado no caso do Pontal do Estaleiro: Uma triste constatação de como o poder público pode legislar em favor de interesses privados e em detrimento da maioria da população.

Anúncios

Um pensamento sobre “Fortunati veta proteção para orla do Guaíba, aprovada no PDDUA.

  1. Pingback: Tweets that mention Fortunati veta proteção para orla do Guaíba, aprovada no PDDUA. « Porto Alegre RESISTE! -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s