Pobre Rio Grande: só dá sacanagem…

Atualizado em 15 de setembro:

O “tempo esquentou” no programa do Antonio Carlos Macedo:

Ouça aqui: deputado discute com Antonio Carlos Macedo

2009-09-11_capa de jornal

Do Blog RS Urgente:

Yeda sabia de tudo, diz Lair

Sep 10th, 2009

by Marco Aurélio Weissheimer.

Do blog Zero Corrupção:

Cumprindo o que havia prometido para hoje, a deputada Stela Farias leu trechos do depoimento prestado por Lair Ferst ao Ministério Público Federal no dia 23 de janeiro deste ano, cujo conteúdo foi liberado pela juíza Simone Barbisan Fortes aos membros da CPI e não se encontra sob sigilo de Justiça.

Ao ser questionado pelos promotores, Lair diz que a troca da Fatec pela Fundae como prestadora de serviços ao Detran – e que deu origem a uma reorganização no esquema criminoso montado a partir da autarquia – foi autorizada pessoalmente por Yeda Crusius em uma reunião da qual participaram a governadora, Carlos Crusius, Delson Martini, Walna Meneses, Daniel Andrade e Chico Fraga.

Lair também revela que Yeda Crusius tanto sabia que ele seria excluído do esquema com a mudança de fundações, que pediu que ele ficasse tranquilo, pois seu caso seria resolvido, o que não aconteceu. “Me senti traído”, confessou aos promotores.

Lair ainda contou que, ao constatar que tinha sido deixado de fora da planilha da propina, foi reclamar com Chico Fraga, que lhe mandou reclamar para Yeda.

-Foi ela quem determinou os percentuais e não há nada pra ti, garantiu Chico Fraga.

Segundo Lair Ferst, Yeda Crusius sabia que empresas da sua família tinham sido contratadas pela Fatec como sistemistas, que conversou com a governadora sobre a situação e que Chico Fraga, quando anunciou que a substituição da Fatec pela Fundae foi explícito em afirmar que “falava em nome da governadora”.

Link: http://rsurgente.opsblog.org/2009/09/10/yeda-sabia-de-tudo-diz-lair/

Do Blog  Diário Gauche:

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Governadora teria coordenado a divisão da propina do Detran

sabia
CPI da Corrupção serviu apenas um aperitivo, ontem. De onde saiu este, tem muito mais

A presidente da CPI da Corrupção, Stela Farias, leu ontem trechos do depoimento de cinquenta páginas concedido pelo empresário Lair Ferst ao Ministério Público Federal, em janeiro deste ano. Segundo o empresário, a governadora Yeda Crusius sabia das trocas das fundações e o esquema de desvio de dinheiro do Detran teria sido estruturado em seu gabinete. No depoimento, Ferst ainda contou que a própria governadora teria dividido os valores da propina em uma planilha.

A sessão da CPI teve a participação dos deputados da oposição, já que os governistas se retiraram para avaliar o pedido de afastamento da governadora. A informação é da Agência Chasque.

A fotografia acima foi pescada do ótimo blog Zero Corrupção, os grifos são do blog DG.

Clique na imagem para ampliá-la.

Redator: Cristóvão Feil – Data: 11.9.09

Link: http://diariogauche.blogspot.com/2009/09/governadora-teria-coordenado-divisao-da.html

Nessas horas vale a pena escutar a Ana Carolina (obrigado pela lembrança, Anadir).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s